• Virginia Langhammer

BRAZILIAN SLANG WORDS AND PHRASES FROM SÃO PAULO



*Read translation into English at the end :)


Transcription of the video:


BATE-PAPO COM A PROFESSORA ALEXANDRA


Virginia: Oi pessoal! Tudo bem? Hoje, eu tenho uma convidada muito especial. Eu convidei a professora Alexandra para bater papo comigo sobre expressões brasileiras específicas da região de São Paulo, do estado de São Paulo. Nós chamamos interior de São Paulo as cidades que são fora da capital, que não são a capital. Alexandra é do interior de São Paulo, então eu convidei ela pra conversar um pouquinho comigo sobre São Paulo, sobre essas expressões. Eu espero que você goste. Alexandra, fala um pouquinho pra mim de São Paulo.


Alexandra: Bom, eu sou da cidade de Catanduva, fica no interior de São Paulo. Minha cidade fica aproximadamente 4 horas de carro da capital, que é São Paulo, a cidade de São Paulo. É uma cidade pequena, considerada pequena no interior, aproximadamente 120 mil habitantes. Eu nasci e cresci nesta cidade.

Virginia: Ah, que legal. Eu nunca estive lá. Uma coisa muito interessante das pessoas que são do interior de São Paulo, fora da capital, é o sotaque. Eu adoro esse sotaque. Você tem um sotaque diferente da capital. Qual é a diferença principal de sotaque entre a capital e as outras cidades?


Alexandra: Eu acho que a diferença maior é o R, a pronúncia do R, né? Nós podemos identificar quem é da capital, como a Virginia, e quem é do interior de São Paulo. Porque, por exemplo, eu vou falar “interior”. Quando você escuta alguém falar “interior”, quer dizer que a pessoa mora na capital de São Paulo, na cidade de São Paulo.


Virginia: Interior?


Alexandra: Interior.


Virginia: Muito bom, muito bom. Esse sotaque, o seu sotaque, acho até mais fácil pros americanos, porque é um R bem similar ao R, American R ...


Alexandra: Exatamente.


Virginia: Bem similar ao R falado no interior de São Paulo. Muito bom. Então hoje nós preparamos uma lição muito legal pra vocês sobre expressões.

Alexandra me mandou uma lista de expressões pra gente estudar nesta lição. Então eu vou pedir pra você explicar pra gente essas expressões. Eu conheço algumas, mas outras eu não conheço. Estou muito animada também pra aprender essas expressões do interior de São Paulo. A primeira palavra é “Salame”. Interessante, que eu conheço essa palavra, mas eu conheço com relação a comida, um tipo de comida, um tipo de linguiça, salsicha, não sei explicar bem. O que significa “Salame”?


Alexandra: “Salame” é uma pessoa que se faz de boba. Ela finge não entender o que você está falando. Então, você está falando com ela, ela se faz de boba. Ela está entendendo, mas ela está fingindo que não está entendendo. Nós a chamamos de “salame”, essa pessoa é um “salame”.


Virginia: Ah, que engraçado! Ela não necessariamente é boba, mas ela finge que ela é boba.


Alexandra: Finge. Ela não é boba, ela é esperta. Ela só está fingindo que ela não está entendendo o que você está falando.


Virginia: Aí você pode dizer: Não se faz de “salame”.


Alexandra: Não se faz de “salame”, não seja um “salame”.


Virginia: Muito bom, adorei, adorei. A próxima palavra é “busão”. O que significa?


Alexandra: Os jovens usam muito essa palavra, “busão”. “Busão” é o ônibus. Crescendo no Brasil, eu pegava o “busão” para ir à escola. “Busão” é o ônibus, meio de transporte, um “busão”.


Virginia: Acho que essa palavra é usada em outros lugares também, que eu já conhecia, “busão”. Vou pegar o “busão”. Em vez de usar a palavra “ônibus” você usa o “busão”. Muito boa. E “balada”, o que significa “balada”?


Alexandra: Se você escutar essa palavra “balada”, automaticamente você vai pensar numa festa. Então, “balada” é uma festa. Se você escutar a palavra “balada”, é que vai ter uma festa em algum lugar. Uma balada, uma festa, você vai a uma balada, eu vou a uma festa.


Virginia: Você vai convidar os amigos pra uma festa, você pode dizer “vamos pruma balada”, “vamos fazer uma balada”.


Alexandra: E, por exemplo, “estou fazendo uma balada hoje à noite, estou convidando vocês”. Então, é uma balada, é uma festa.


Virginia: Sim, muito bom. Essa eu conhecia também, “balada”. E “dar um rolê”?


Alexandra: “Dar um rolê” quer dizer “passear pela cidade”. “Dar um rolê”, pegar seu carro, passear pela cidade, sem planos, “dar um rolê’, passear, ir ao shopping, sem planos, “dar um rolê”, passear.


Virginia: Essa é muito boa, eu adoro. Vamos ali dar um rolê. Vamos dar uma volta.


Alexandra: Vamos dar um rolê. Quer dizer: vamos passear, sem compromisso, né?


Virginia: E “gelada”? Essa é interessante, que eu conheço essa palavra, mas acho que ela tem significados diferentes. O que significa “gelada”?


Alexandra: Sim, “gelada” tem dois significados. “Gelada” é você estar em um bar com amigos e você vai pedir ao garçom pra trazer uma “gelada”. Quer dizer “uma cerveja”, né? Então, garçom, me traz uma “gelada”, por favor. Me traz uma cerveja, por favor. Mas “gelada” também tem outro sentido, de alguém que está com problema.

Por exemplo, essa pessoa entrou numa “gelada”, ela está com problema, ela fez algo que ela está com problema, ela entrou numa gelada.


Virginia: Estou numa gelada hoje.


Alexandra: Estou com problemas.


Virginia: Muito bom. É muito interessante porque a palavra “gelado”, “gelada” também é um adjetivo que a gente pode usar para comida, bebida. Por exemplo: eu vou beber uma água gelada. Aí, nesse caso é um adjetivo. E eu acho que por causa disso nós passamos a chamar cerveja de “gelada”, porque, no Brasil, cerveja tem que ser gelada.


Alexandra: Bem gelada. Principalmente na minha região, que é uma região muito quente, muito calor, sempre calor, tem que ter uma cerveja gelada, tem que beber uma cerveja muito, muito gelada.


Virginia: Se você for no barzinho lá no Brasil você pode pedir ...


Alexandra: Gelada, por favor.


Virginia: Traz uma gelada, por favor.


Alexandra: Exatamente.


Virginia: Acho que isso funciona em toda a região de São Paulo, “Traz uma gelada, por favor.”

“Da hora”. O que significa “da hora”?


Alexandra: Eu tenho muitas lembranças com essa expressão. Na verdade, “da hora” quer dizer “legal”, “da moda”, “divertido”. Por exemplo: “Nossa, eu comprei um videogame da hora”, videogame divertido. Mas, crescendo no Brasil, quando eu era solteira, meu sobrenome era... meu sobrenome do meio era Alexandra Da Hora Montosa. Então, as pessoas usavam muito meu sobrenome pra dizer que eu era legal, que eu era divertida. Por exemplo, eu chegava na faculdade um pouco atrasada, “Oh, a Da Hora chegou, a Da Hora chegou.”

Mas “da hora”, na verdade, quer dizer algo divertido, algo legal, algo da moda, né? Por exemplo, “uma roupa está... uma roupa é da hora”, quer dizer, esta roupa está na moda.


Virginia: Que legal, que legal. Acho que já ouvi essa expressão usada para se referir a algo que aconteceu também. Por exemplo, “ah, eu fui na festa, e foi da hora”, quer dizer que foi muito legal.


Alexandra: Foi legal, foi divertida, da hora. A festa foi da hora, quer dizer, foi divertida.


Virginia: Muito bom, essa expressão é ótima. E “prosear”, o que significa “prosear”?


Alexandra: “Prosear” quer dizer jogar conversa fora, conversar, assim... eu adoro prosear, eu adoro prosear. Quando eu ligo pra minhas amigas no Brasil, eu proseio muito. Adoro prosear, conversar, jogar conversa fora, bater papo, prosear.


Virginia: Muito bom, é muito bom. Eu não conhecia essa palavra usada como verbo. Eu conheço o substantivo “prosa”, que significa “conversa”, mas não usamos muito este substantivo. Aí virou o verbo, “prosear”, adorei.


Alexandra: Prosear, é um verbo, sim, é um verbo.


Virginia: Muito bom, muito bom, adorei. Essa é minha lista. Adorei a lista de expressões.

Boa parte dessas expressões, eu percebo que a gente usa também em outras regiões do Brasil, então eu acho que é uma boa lista pra vocês, pessoal, uma boa lista pra vocês aprenderem e usarem com seus amigos. Muito obrigada, Alexandra, adorei nosso bate-papo de hoje.


Alexandra: Obrigada, e foi “da hora” estar aqui.


Virginia: Foi da hora. Muito obrigada. Um beijo, pessoal, até a próxima.


Alexandra: Tchau, pessoal. Tchau, tchau.


Virginia: Tchau, tchau.

CHAT WITH TEACHER ALEXANDRA


Virginia: Hi everyone! How are you doing? Today, I have a very special guest. I invited teacher Alexandra to talk with me about Brazilian expressions that are specific from São Paulo area, from São Paulo state. We call the interior of São Paulo the cities that are outside the capital, that are not the capital. Alexandra is from the interior of São Paulo, so I invited her to talk a little bit with me about São Paulo, about these expressions. I hope you like it. Alexandra, tell me a little bit about São Paulo.


Alexandra: Well, I'm from the city of Catanduva, it's in the interior of São Paulo. My city is approximately a 4-hour drive from the capital, which is São Paulo, city of São Paulo. It’s a small city, considered small in the interior, with approximately 120 thousand inhabitants. I was born and raised in this city.

Virginia: Oh cool. I've never been there. A very interesting thing about the people who are from the interior of São Paulo, outside the capital, is the accent. I love that accent. You have a different accent from the capital. What is the main difference in accent between the capital and other cities?

Alexandra: I think the biggest difference is R, the pronunciation of R, right? We can identify who is from the capital, like Virginia, and who is from the interior of São Paulo. Because, for example, I will say “interior”. When you hear someone say “interior”, it means that the person lives in the capital of São Paulo, in the city of São Paulo.


Virginia: Interior?


Alexandra: Interior.


Virginia: Very good, very good. This accent, your accent, I find it even easier for Americans, because it's a R very similar to the R, American R ...


Alexandra: Exactly.


Virginia: Very similar to the R spoken in the interior of São Paulo. Very good. So today we prepared a really cool lesson for you about expressions.

Alexandra sent me a list of expressions for us to study in this lesson. So, I'm going to ask you to explain these expressions to us. I know some, but others I don't know. I'm also very excited to learn these expressions from the interior of São Paulo. The first word is “Salami”. Interesting, I know that word, but I know it related to food, a type of food, a type of sausage, I can't explain it well.

What does “Salami” mean?


Alexandra: “Salami” is a person who pretends to silly. She pretends not to understand what you are talking about. So, you are talking to her, she pretends she doesn’t get it. She is understanding, but she is pretending that she is not understanding. We call this person "salami", that person is a "salami".


Virginia: Ah, that’s funny. She’s not necessarily silly, but she pretends she’s silly.


Alexandra: She pretends. She's not a fool, she's smart. She's just pretending that she doesn't understand what you're talking about.


Virginia: Then you can say: Don’t pretend you don’t know.


Alexandra: Don’t be a “salami”, don’t be a “salami”.


Virginia: Very good, I loved it, I loved it. The next word is "busão". What does it mean?


Alexandra: Young people use this word a lot “busão”. “Busão” is a bus. Growing up in Brazil, I took the “busão” to go to school. “Busão” is the bus, a means of transportation, a “busão”.


Virginia: I think that word is used in other places too, because I already knew it, "busão". I'll take the “busão ". In the place of the word "bus" you use "busão". Very good. And "balada", what does "balada" mean?

Alexandra: If you hear that word "balada", you will automatically think of a party. So, “balada” is a party. If you hear the word “balada”, it means there will be a party somewhere. A balada, a party, you go to a balada, I go to a party.

Virginia: You are going to invite your friends to a party, you can say "let's go to a balada", "let's go party".

Alexandra: And, for example, “I'm having a balada tonight, I'm inviting you”. So, it's a balada, it's a party.


Virginia: Yes, very good. I also knew that one, "balada". And “dar um rolê”?


Alexandra: “Dar um rolê” means “walking around the city”. “Dar um rolê”, get your car, drive around the city, without plans, “dar um rolê”, take a walk, go to the mall, without plans, “dar um rolê”, go for walk.


Virginia: This is a very good one, I love it. Let’s “dar um rolê”. Let’s go for a walk.


Alexandra: “Vamos dar um rolê.” I mean: let's go for a walk, without commitment, right?


Virginia: And "gelada"? This is an interesting one, I know that word, but I think it has different meanings. What does “gelada” mean?


Alexandra: Yes, “gelada” has two meanings. “Gelada” means, you are in a bar with friends and you will ask the waiter to bring you a “gelada”. It means “a beer”, right? So, waiter, bring me a “gelada”, please. Bring me a beer, please. But “gelada” also has a different meaning, it means someone who is in trouble.

For example, that person went into a “gelada”, she is in trouble, she did something that put her in trouble, she went into a “gelada”.


Virginia: I'm in a “gelada” today.


Alexandra: I'm in trouble.


Virginia: Very good. It’s very interesting because the word “cold”, “cold” is also an adjective that we can use for foods, drinks. For example: I’ll have some cold water. Then, in this case it is an adjective. And I think that it’s because of this that we started to call beer “gelada”, because, in Brazil, beer must be cold.


Alexandra: Ice cold. Especially in my region, which is very hot, very hot, always hot, you must have a cold beer, you have to drink a very, very cold beer.


Virginia: If you go to a bar in Brazil you can ask ...


Alexandra: “Gelada”, please.


Virginia: Bring a “gelada”, please.


Alexandra: Exactly.

Virginia: I think this works everywhere in São Paulo area, "Bring a gelada, please."

"Da hora". What does “da hora” mean?


Alexandra: I have many memories with that expression. Actually, “da hora” means “cool”, “trendy”, “fun”. For example: “Wow, I bought a video game da hora”, a fun video game. But growing up in Brazil, when I was single, my last name was ... my middle name was Alexandra Da Hora Montosa. So, people used my last name a lot to say that I was cool, that I was fun. For example, I arrived at college a little late, "Oh, Da Hora arrived, Da Hora arrived."

But “da hora”, actually, means something fun, something cool, something trendy, right? For example, "an outfit is ... an outfit is da hora", it means, this outfit is trendy.


Virginia: Cool, Cool. I think I've heard that expression used to refer to something that happened as well. For example, “oh, I went to the party, and it was da hora”, which means it was really cool.


Alexandra: It was cool, it was fun, cool. The party was great, I mean, it was fun.


Virginia: Very good, that expression is great. And "prosear", what does "prosear" mean?


Alexandra: "Prosear" means "to talk", to have a conversation, like... I love prosear, I love prosear. When I call my friends in Brazil, I talk a lot. I love to talk, to have conversations, to chit chat, to chat, to talk.


Virginia: Very good, very good. I didn't know that word used as a verb. I know the noun "prosa", which means "conversation", but we don't use this noun much. Now, it became the verb, "prosear", I loved it.


Alexandra: Prosear is a verb, yes, it is a verb.


Virginia: Very good, very good, I loved it. This is my list. I loved the list of expressions.

A lot of these expressions, I realize that we also use in other regions of Brazil, so I think it's a good list for you guys, a good list for you to learn and use with your friends.

Thank you very much, Alexandra, I loved our chat today.


Alexandra: Thank you, and it was “da hora” to be here.


Virginia: It was “da hora”. Thank you. Bye, guys, see you next time.


Alexandra: Bye, guys. Bye-bye.


Virginia: Bye-bye.

Want to learn Portuguese?

 

Get free lessons delivered right to your inbox: